Manifestar interesse

Informação sobre a edição do curso

  • Guarda
    NERGA - Associação Empresarial
    Parque Industrial, Lt 37
    6300-625 GUARDA

  • 12/11/2018

  • 29/11/2018

  • 25

  • Nível 4

  • Nível 4

  • 0448

  • 271 205 420

  • Datas de Realização: 12, 14, 19, 21, 23 e 29/11/2018 - das 19:30 às 23:30



    *As datas podem sofrer alterações, uma vez que a ação só poderá iniciar com o número mínimo 20 formandos(as).

    Todos(as) os(as) formandos(as) serão contactados antes do arranque da ação, para lhes ser comunicado os documentos necessários e as datas definitivas.

  • Condições de Inscrição

    Destinatários:
    Empregados com o mínimo de 9º ano de escolaridade principalmente os que estão em risco de perda de emprego
    Desempregados com o mínimo de 12º ano de escolaridade.

  • Objetivo Geral

    Reconhecer e identificar o contributo da história da arte no âmbito do vitrinismo.
    Reconhecer e identificar o contributo da moda no âmbito do vitrinismo.
    Reconhecer e identificar o contributo do design no âmbito do vitrinismo.
    Caracterizar o vitrinismo através de uma análise diacrónica.

  • Observações

    Certificado de Qualificações
    Subsídio de Alimentação
    Subsídio de Transporte (quando devido)
    Seguro

  • Conteúdos Programáticos

    Vitrinismo - conceito e contributo da história da arte
    Conceito de vitrinismo e objectivos
    Séculos XVII e XVIII
    - Barroco e Rococó
    - Espectáculo da celebração do poder; volumetria; luz e sombra na igreja barroca; novos temas escultóricos e o arranjo teatral da composição; espetáculos de ballet na corte de Louis XV; arquiteturas efémeras da corte de D. João V
    Século XIX
    - Grandes exposições
    - Espaços e conceitos expositivos em Londres, (1851), Paris (1900) e Lisboa (1998). Museus - espaços e conceitos expositivos
    Século XX
    - Cidades europeias na transição do séc. XIX para o séc. XX
    - Novas artes do espaço e do movimento
    - Contribuição do automóvel para a dinâmica da cidade
    Vitrinismo - contributo da moda
    Anos 60
    - Propostas de Mary Quant; conceito de boutique como ponto de venda dedicado a um mercado-alvo muito jovem; cultura decorrente da música dos Beatles e do Yellow Submarine; vanguardas italianas; instalações e performances; materiais alternativos; estética do plástico; C. Dior, P.Cardin e Y.S.Laurent
    Anos 70
    - Moda de rua; consumidor urbano, consumo de massas e segmentação de mercado
    - Loja “A Maçã” e o trabalho pioneiro de Ana Salazar. A Moda Lisboa. Loja Branca de Manuela Gonçalves e Loja da Atalaia de Manuel Reis
    - Os estilistas - Gaultier, Lafgerfeld e Galliano
    Vitrinismo - contributo do design
    Anos 60
    - Publicidade e sociedade de consumo - efemeridade como conceito
    - Andy Warhol - pop e pop art; dimensões popular e cinética dos objectos
    - Design na melhoria dos serviços coletivos - meios de transportes e sinalizações
    Anos 70
    - Tecnologia e informação ao serviço do consumidor
    - A revolução do artesanato nos EUA, Inglaterra, Holanda e Alemanha
    - Etorre Sottsass e a Olivetti; Archizoom Associatti e Non-Stop City; Achille Castiglioni, Victor Papaneck (“Design for the real world”). Roberto Venturi (“News fromL.A.”)
    Música punk e ligações ao mundo do design
    Anos 80
    - Design assistido por computador - Novas regras e novas estéticas
    - Alessie as vanguardas italianas
    - Andrea Branzi, Philipe Starck
    - Design for disassembly
    Vitrinismo - análise diacrónica
    Primeiras lojas / pontos de venda em Lisboa; comércio tradicional e grandes armazéns
    Baixa lisboeta e Avenidas Novas - Diferentes mercados-alvo / diferentes propostas
    Loja “ Conceição Vasco Costa” e “Os Porfírios”

Manifestar interesse